Simple Plan: 6 semanas para os shows no Brasil

Entrevistas

Faltam seis semanas pro Simple Plan desembarcar no Brasil, e o que eu não podia deixar de fazer aqui no P.S.: é uma contagem regressiva. Porque quando a gente trabalha no site dos outros, a gente tem que priorizar o que os outros querem, mas quando a gente tem o nosso site, a prioridade é todinha nossa. Um viva à internet!

Todo mundo com ingressos comprados? Alguém aí vai em alguma pizza? Alguém ansioso pra lista da passagem de som? Alguém vai viajar pra ver mais de um show?

Pra começar essa contagem regressiva – que primeiro vai ser semanal, depois dia por dia até o desembarque da banda em Porto Alegre –, eu queria relembrar as entrevistas que fiz com o Simple Plan lá em Acton Vale para o P.S.: e também para o Simple Plan Brasil.

Você sabia que Acton Vale é a cidade natal do Frank, o técnico de som da banda? Pois é. Rolou um festival por lá em 2016, e ele ficou bastante animado porque nós fomos as primeiras brasileiras que ele conhece a ver a cidade em que ele nasceu – e ele gosta bastante do Brasil e do pessoal daqui.

Primeiros detalhes contados, eu não quero só colocar aqui as entrevistas, mas também contar um pouquinho de como tudo aconteceu. Pra quem não sabe, lá pelos meus quinze anos, eu imaginava que o único jeito de conhecer o Simple Plan seria se eu os entrevistasse. Eu também gostava de escrever, então uma junção de tudo isso me levou ao jornalismo.

Um pouco do destino me colocou dentro da Mix TV e do site do grupo Mix, o falecido MIXME. Lá dentro, eu tive uma única chance de conhecer a banda, que foi quando eles vieram em 2012. E apesar de eu ter feito a pauta da entrevista, não me colocaram na equipe que sairia com a apresentadora. Pobre estagiária de assessoria de imprensa, é.

Então em 2016, quando o site fechou e todo mundo foi pra rua, eu imaginei que essa entrevista não rolaria mais. Montei o P.S.: para continuar a entrevistar artistas menores, porque é uma coisa que eu gosto de fazer (apesar de ter dado um tempo com isso), e eu também fazia parte do Simple Plan Brasil. Foi nessa época que surgiu a viagem para o Canadá.

A equipe da banda foi bastante acessível pro fã site, desde a gerente de marketing até o empresário da turnê. E lá no dia, eles foram muito queridos. Era para entrevistarmos Chuck e Pierre, mas o Seb se prontificou a vir quando chamamos por ele também. Teríamos dez minutos para fazer as duas entrevistas, mas eles foram ficando e ficando por quase vinte e cinco.

Claro que os vídeos não têm todo o conteúdo das entrevistas. Muitas perguntas foram para lugar nenhum. Eles estavam especialmente empolgados com perguntas que não esperavam ouvir, então muitas delas caíram num limbo de piadas eternas. Foi, sim, uma das entrevistas mais difíceis que eu já fiz, mas também uma das mais divertidas.

Ficam aqui para matar um pouco da saudade enquanto eles não chegam. E me contem quais são os seus planos pra turnê aqui nos comentários! Logo vou contar mais dos meus também lá pelo Instagram @cizagatto.

Deixe seu P.S.:

Este artigo não possui comentários