Qual música Double escreveria se “Vai sonhando” fosse fanfic?

A gente sabe que as fanfics oferecem um leque enorme de possibilidades que nunca seriam praticáveis nos livros. Apesar de muitos livros trazerem músicas reais na trilha sonora, é proibido escolher uma música de autoria alheia e dizer que foi seu personagem quem escreveu. Isso não acontece nas fanfics, onde você pode até mesmo dizer que sua protagonista é uma autora boa pra caramba que escreveu uma tal série chamada Harry Potter.

Então, para quem leu “Vai sonhando” e quer saber um pouco mais sobre os bastidores, eu posso contar qual música Double teria escrito para Chris se a história fosse uma fanfic e eu pudesse creditar aos Virgin Boys uma composição de outro artista.

Embora a história se passe em 2005, é claro que eu ouvi centenas de músicas que foram lançadas depois disso enquanto escrevia. Antes de chegar em “Dimple” e a referência aos episódios com a covinha do tecladista, uma ideia era falar sobre como o segredo que ele vinha vivendo ao esconder sua história dos outros integrantes era empolgante. Foi quando caí numa música antiga de uma das minhas bandas preferidas, Parachute, que fala exatamente sobre companheirismo, cumplicidade e um pouco de crime, exatamente como ele vinha sentindo.

Você pode comprar “Vai sonhando” com frete grátis na seção Loja!

Deixe seu P.S.:

Este artigo não possui comentários