Trilha sonora para “Estive em Dublin e lembrei de você” (Heloísa Bernardelli)

Hoje começa uma nova série aqui no P.S.: chamada “Escuta essa”. Nela eu vou montar algumas trilhas sonoras que combinam com os últimos livros que li. É uma opção para quando você for ler e um convite para você me contar quais músicas cada um desses livros te lembrou – assim eu pego algumas para levar comigo de lembrança também.

Para aproveitar a abertura da pré-venda de “Estive em Dublin e lembrei de você”, da Heloísa Bernardelli, que é o segundo livro que vai ser publicado pelo Clube P.S.:, foi com esse livro que eu decidi estrear. E embora ninguém tenha lido ainda, fica um gostinho do que tem por vir. Aí depois de ler vocês me contam onde acham que eu acertei.

Saiba mais sobre “Estive em Dublin e lembrei de você” aqui.

“Estive em Dublin e lembrei de você” já é um livro bastante musical, com uma playlist muito gostosa. Por isso eu decidi não chover no molhado e selecionar músicas que me lembram dos personagens e dos relacionamentos entre eles em vez de uma trilha sonora para a história. Então aqui vai um pouco do time de oito pessoas lindas – ou às vezes não muito lindas, mas importantes – que nos guiam pela história:

  1. Camile

Mesmo não sendo a protagonista, ela é como se fosse. A amizade dela com a Irina é tão real que te traz para dentro da história com uma facilidade enorme. Parece que você ficou acordada com elas durante a adolescência, conversando sobre besteiras, falando algumas besteiras e comendo outras besteiras madrugadas afora.

  1. Fionn

Ele não é o tipo de par romântico com o qual a gente tá acostumada em livros adolescentes. Você não vai ver um cara alto, bonitão, cheio de músculos e de grana. A beleza dele é tão interna, tão quieta e escondida em uma falta de jeito tão honesta, numa alma tão antiga, que a gente se pega dando uns tropeções junto com as palavras que ele não sabe escolher.

  1. Irina

Fiquei pensando em que tipo de música colocar para a protagonista. É ela quem vai nos colocar na bagagem pesada e nos levar diretamente para Dublin empacotados com seus conflitos internos. Não poderia ter sido nenhuma outra. A Nina é amor em todos os sentidos, de todos os tipos, em cada pequena ação, palavra ou desejo contido.

  1. André

Então nós voltamos para quem riscou o fósforo e jogou direto na gasolina que ele mesmo fez transbordar. A melhor música para descrever o relacionamento de André e Irina está na playlist oficial do livro, então eu optei por outra música da mesma artista, mas com um apelo diferente – com um pouco da bondade às vezes irritante que vem da Nina.

  1. Lucjan

Não se preocupe, você vai aprender a falar o nome dele quando for a hora. Lucjan tem alguns fatores que contam muito positivamente para ele ao longo da história – uma positividade esperançosa, as metáforas que só faltam desenhar ensinamentos na nossa cabeça e uma história de vida triste no ponto certo para se tornar inspiradora.

  1. Tim

Você poderia pensar que Aydan é o personagem que mais destoa da história por ser o professor de Camile, mas Tim é aquele que está um passo atrás, olhando tudo por um outro ângulo. E nesse passo atrás, ele está esperando a vez dele. A vez que daria uma continuação de encher os olhos, com outro casal principal.

  1. Aydan

Spoiler dado, Aydan é um dos meus personagens preferidos no livro. Tudo bem: depois de Camile, de Lucjan, de Nina, de Fionn, de… Sim, é difícil escolher um personagem preferido. Mas ele é aquele que traz as piadas bobas, as cenas constrangedoras, um pouco de arte misturada com clichês tontos e referências que ninguém leva a sério.

  1. Ciara

E por último tem ela, a melhor amiga da melhor amiga. A irmã que está lá para abraçar quem chega pedindo por ajuda. Aquela que já passou pelos problemas, que tem as palavras certas, que confia mais em você do que você mesma, e que está vendo tudo com distância o bastante para saber o que dizer e dar o seu próprio tempo de se entender.

“Estive em Dublin e lembrei de você” não seria o mesmo livro sem qualquer um desses personagens, e eu tenho certeza de que você vai se apaixonar por cada um deles como eu me apaixonei.

Deixe seu P.S.:

    Eu já decorei a descrição todinha, e eu não paro de ouvir essa playlist.
    Só isso mesmo, bjs.

    A cada musica minha cabeça gira e eu mergulho mais nesse universo que eu sequer conheço. Confesso que da lista eu só conhecia dois intérpretes, mas, estou sentindo como se já tivesse escutado essas musicas mil vezes antes em variadas ocasiões da minha vida! Esse é o espírito do livro da nossa amada Lô né? Então estamos no caminho certo ❤️