Como transformar personagens de fanfic em originais

Hoje começa uma série nova aqui no P.S.: Vá escrever, com dicas para você que quer melhorar suas fanfics, passar das fanfics para as histórias originais, ou melhorar seu manuscrito antes de procurar editoras ou publicá-lo por conta própria.

Personagens

Para escrever uma história original a partir de uma fanfic querida pelos seus leitores, você não precisa necessariamente mudar o nome do protagonista. Existe um afeto no nome, uma lembrança de que algum dia aquele personagem foi o bruxinho preferido da literatura infanto-juvenil ou o músico adorado pelos adolescentes ao redor do mundo.

A pergunta é: você quer que seu livro carregue essa referência – que foi a que levou outra autora ao sucesso ou a de um músico voltado para um público específico –, ou você quer que a história toda finalmente se torne sua?

Se você escolheu a segunda opção, aqui vão algumas dicas de como fazer isso sem comprometer a sua história e tudo o que você já construiu com ela. Existem algumas perguntas que você pode fazer para resolver seu quebra-cabeça:

  1. Nomes

Já comentamos que os nomes não necessariamente precisam ser mudados. No entanto, é um problema se você estiver escrevendo sobre um bruxo adolescente chamado Harry. Ou se você tiver uma boyband famosa e os integrantes se chamarem Harry, Niall, Louis, Liam e Zayn.

O primeiro caso cai em uma questão muito maior de enredo, que vamos tratar em outra data. No segundo caso, algumas alterações podem ser feitas para que a sua banda não remeta diretamente ao One Direction.

– Quem é o seu protagonista?

Digamos que seja o Harry e que você queira manter o nome. Troque o nome dos outros, mas não faça isso como se os seus leitores fossem bobos. Lembre-se de que a ideia não é mascarar o One Direction, mas sim deixá-lo de lado e criar a sua própria banda. Se você tiver o Harry, o Nate, o Leo, o Luke e o Zach, nós sabemos que você está falando do One Direction.

  1. Quantidade de personagens

Às vezes nem todos os cinco músicos da banda têm um papel importante na sua história. Eles estão lá por um carinho seu pela banda original, mas lembre-se de que não estamos mais escrevendo sobre a banda original.

– Existem personagens menores que podem se transformar em um só?

Se sua resposta é: não, eles são muito diferentes, porque eles têm duas falas cada um e essas duas falas mostram personalidades diferentes, você está apenas apegado à banda original. Junte esses dois personagens, transforme-o em um terceiro, com uma personalidade própria e que misture levemente os dois personagens antigos. Agora você tem uma banda com quatro integrantes e menos personagens que estão lá só para ocupar espaço.

  1. Personalidade

Continuando com o exemplo das bandas, trazer algumas referências do seu músico preferido pode tornar a história mais verossímil – pode fazer um personagem ter manias em turnê, saber lidar com os fãs, etc. Mas quando as referências são demais, seu personagem não é tão original assim.

– Quanto do músico você usou na sua fanfic?

Se você tem uma história em que o músico nem é mais músico, não tem os gostos ou os trejeitos do integrante da banda em que você se baseou, esta mudança não é para você. Basicamente você estava usando um rosto conhecido para criar seu protagonista.

Se sua história foi inteiramente feita em pesquisa, se você sabe até mesmo a cor da cueca preferida do Harry Styles, está na hora de fazer uma boa transformação no seu personagem. Não apenas física, mas principalmente intelectual e emocional. Mude a comida preferida, os hábitos, o jeito de falar, de se vestir, as caretas que ele gosta de fazer quando os amigos falam besteira.

  1. Background

Não se esqueça também de fazer isso com os personagens ao redor do protagonista.

– As pessoas da vida dele precisam ser estas?

O músico em que você se baseou tem duas irmãs e o pai, pois a mãe morreu quando era adolescente. Isso faz diferença na sua história? É a sua premissa? Ou só está lá porque sim? Você pode trocar as duas irmãs por uma só, como falamos lá em cima? A história da mãe precisa aparecer? O pai é importante? Você precisa de todos eles?

É hora de repensar tudo isso, de criar uma nova família – que às vezes nem é tão importante assim para a história a ponto de não poder ser mudada. É hora de mudar o nome e as características do melhor amigo. É hora do empresário se tornar uma mulher, do segurança alto de cabelo branco se tornar um jovem loiro. Brinque com seus personagens porque eles são seus, não mais os amigos da banda que você gosta.

Use as referências em pontos específicos em seu favor, talvez para fazer uma pequena surpresa para os outros fãs devotos do One Direction, mas não para todos os leitores comuns descobrirem que a base da sua história foi a banda. Afinal, ela já existe. Nós queremos conhecer a sua.

Deixe seu P.S.:

Este artigo não possui comentários